Dot.lib

Ilustração dos espermatozoides alcançando o óvulo; COVID-19 pode afetar a motilidade espermática, sugere estudo (Fonte: iStock). Ilustração dos espermatozoides alcançando o óvulo; COVID-19 pode afetar a motilidade espermática, sugere estudo (Fonte: iStock).
Wiley: SARS-CoV-2 pode reduzir qualidade de espermatozoides e produção hormonal
  • Notícia
  • Saúde Pública
  • 09/09/2021
  • Fertilidade, SARS-CoV-2, DotLib, Espermatozoides

Um estudo publicado recentemente na editora Wiley Online Library sugere que o SARS-CoV-2 pode infectar os testículos humanos e prejudicar o desempenho dos espermatozóides em sua movimentação e na fertilização do óvulo. Os exames mostraram que tanto o fenômeno quanto a alteração nos níveis de testosterona permaneceram nos organismos dos pacientes masculinos após um ano da recuperação da COVID-19.

De acordo com o andrologista Jorge Hallak, que é professor da Universidade de São Paulo (USP) e coordenador do Grupo de Estudos em Saúde do Homem do Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP), os testes são iniciais e ainda não têm capacidade de diagnosticar a infertilidade. Porém, o espermograma de diversos pacientes indicou uma queda entre 8% e 12% na motilidade espermática — quando o normal é acima de 50%. Já na produção da testosterona, os índices foram dos normais 300 a 500 nanogramas por decilitro de sangue (ng/dL) para 70 e 80 ng/dL.

Hallak afirma que o fenômeno pode afetar tanto os pacientes homens que desenvolveram a versão sintomática da COVID-19 quanto a assintomática. “Cada patologia tem particularidades que a prática e a experiência nos demonstram. O SARS-CoV-2 tem a característica de afetar a espermatogênese. Estamos descobrindo os mecanismos envolvidos, como motilidade progressiva persistentemente muito baixa e morfologia bem alterada, sem mudança da concentração espermática significativa”, complementa o cientista.

Link do artigo completo, clique aqui.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.