Dot.lib

Fonte: iStock Fonte: iStock
Grávidas têm maior risco de contrair a forma mais grave da COVID-19
  • Notícia
  • Ciências da Saúde
  • 01/04/2021
  • grávidas, COVID-19

Um estudo publicado no The British Medical Journal (BMJ) aponta  que as gestantes são mais suscetíveis à forma mais grave da COVID-19, de serem admitidas em unidades de terapia intensiva (UTIs) ou de necessitarem de algum tipo de ventilação. Além disso, as possibilidades de complicações são ainda maiores quando as grávidas têm comorbidades como hipertensão, diabetes e obesidade.

A revisão traz dados de 192 estudos mundiais, incluindo cinco do Brasil. Os dados mostraram que, de dezembro de 2019 a outubro do ano passado, uma em cada 10 gestantes atendidas por qualquer motivo em hospitais testou positivo para a COVID-19. 

No entanto, em 59 estudos, havia informações sobre óbitos: de um total de 41.664 grávidas cujos dados estavam nessas pesquisas, 339 morreram por qualquer causa (0,02%). A baixa mortalidade materna ou neonatal, porém, pode estar associada à subnotificação, especialmente em países em desenvolvimento.

Link da notícia completa, clique aqui.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.