Dot.lib

Fonte: iStock Fonte: iStock
Estudo indica que vacina da Pfizer pode ser responsável pela morte de alguns pacientes idosos
  • Notícia
  • Ciências da Saúde
  • 09/06/2021
  • Vacina, COVID19

Uma revisão realizada por um grupo de especialistas, encomendada pela Agência Norueguesa de Medicamentos, indicou que a vacina da Pfizer/BioNTech pode ter sido responsável por pelo menos 10 mortes de idosos frágeis em lares de idosos no país.

Embora a taxa de mortalidade em lares de idosos seja geralmente muito alta e as mortes de alguns residentes de lares de idosos após a vacinação fossem previstas, a Agência Norueguesa de Medicamentos queria determinar se a vacina possivelmente acelerou quaisquer mortes e obter uma compreensão mais clara dos riscos e benefícios de seu uso em idosos frágeis.

Ao enfatizar uma incerteza considerável em torno de suas conclusões, o grupo de especialistas reconheceu o risco de que reações adversas às vacinas entre pacientes muito frágeis possam iniciar uma cascata de complicações. No pior dos casos, estas complicações podem levar esses pacientes à morte mais precoce.

Link da notícia completa, clique aqui.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.