Dot.lib

Fonte: iStock Fonte: iStock
Estudo do JAMA indica que vacina da COVID-19 não altera qualidade do esperma humano
  • Notícia
  • Saúde Pública
  • 25/06/2021
  • JAMA, Covid-19

Um estudo, publicado na revista científica JAMA, relacionou a vacina contra a COVID-19 e a queda na qualidade do espermatozoide humano. De acordo com o levantamento realizado nos Estados Unidos, com as vacinas da Pfizer e Moderna, não foram identificadas mudanças na contagem de espermatozoides em voluntários.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores realizaram testes com voluntários da Universidade de Miami que foram inoculados com as vacinas. Foi observado que, após abstinência de sexo por sete dias, não foi apresentada qualquer alteração na contagem de espermatozoides quando comparadas à contagem anterior à vacinação com a primeira e segunda doses.

Os pesquisadores observaram, também, uma melhora na qualidade dos espermatozoides após a inoculação e associaram a melhora ao cumprimento de uma semana de abstinência sexual. Embora a vacina não tenha tido impacto sobre os espermatozoides masculinos no estudo, os cientistas alertam que o vírus em si pode sim ser prejudicial.

Link da notícia completa, clique aqui.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.