Dot.lib

Fonte: iStock Fonte: iStock
Câncer: os tipos de maior incidência no Brasil para o triênio 2020-22
  • Artigo
  • Ciências da Saúde
  • 02/10/2020
  • câncer, Estimativa 2020, JAMA Oncology, INCA

De acordo com Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), o câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos. No mundo, já se tornou o principal problema de saúde pública, sendo câncer de pulmão o de maior incidência, seguido do câncer de mama. 

As principais causas do aumento de novos casos e mortalidade pela doença no mundo deve-se em parte pelo envelhecimento, crescimento populacional, pela mudança na distribuição e na prevalência dos fatores de risco de câncer, principalmente aos associados ao desenvolvimento socioeconômico.

Por isso, o acesso às informações sobre a prevenção e tratamento — tanto para gestores da área de saúde quanto a sociedade — é uma medida importante para o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento. Entende-se o que o diagnóstico precoce também contribui para diminuir os números da taxa de mortalidade pela doença. 

No Brasil, o INCA é o órgão do Ministério da Saúde responsável pelo monitoramento e por divulgar informações atualizadas sobre a ocorrência e distribuição do câncer no país. Neste artigo, a partir dos dados do relatório “Estimativa 2020: Incidência de Câncer Brasil”, vamos conhecer quais são os cânceres de maior incidência no país e a previsão de novos casos para o triênio 2020-22. 

Estimativa 2020: Incidência de Câncer no Brasil

Todos os anos, desde 1995, o INCA disponibiliza as estimativas de novos casos de incidência de câncer em território nacional — 26 Unidades da Federação (UF), suas capitais e o Distrito Federal. É uma publicação descritiva baseada em recomendações internacionais e agregada à experiência da equipe técnica do instituto. 

Seu objetivo é disseminar informações atualizadas para os profissionais, gestores da saúde e a sociedade no apoio à implementação de ações de prevenção e controle de câncer. A “Estimativa 2020 - Incidência de Câncer no Brasil” traz ainda uma síntese sobre a previsão de novos casos para cada ano do triênio de 2020-2022 no país e breves comentários sobre cada tipo.

Conforme registrado no documento, no Brasil para cada ano do triênio 2020-2022, a previsão é a ocorrência de 625 mil casos novos de câncer (450 mil, excluindo os casos de câncer de pele não melanoma).  O câncer de pele não melanoma será o mais incidente (177 mil), seguido pelos cânceres de mama e próstata (66 mil cada), cólon e reto (41 mil), pulmão (30 mil) e estômago (21 mil). 

A publicação ainda ressalta a importância dessas informações, quando utilizadas, como subsídio fundamental não somente para a gestão como também para a conscientização da população no enfrentamento do problema.

Para ter acesso ao relatório na íntegra, clique aqui

Índice estimado conforme a localização primária do tumor e sexo 2020

Nos homens, o  câncer de próstata aparece em primeiro lugar com a estimativa de 65.840 (29,2%) novos casos para cada ano do triênio. Esse valor corresponde a um risco estimado de 62,95 casos novos a cada 100 mil homens. Os outros cânceres que aparecem com mais ocorrência são: cólon e reto (9,1%); traqueia, brônquio e pulmão (7,9%) e estômago (5,9%). Veja o quadro abaixo com a relação completa:

Fonte: INCA

Nas mulheres, o câncer de mama ocupa a primeira posição no ranking com mais incidência no país, estima-se 66.280 novos casos em 2020. Para alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, no mês de outubro é celebrado em diversas partes do  mundo a campanha de conscientização do “Outubro Rosa”.

Os outros cânceres mais frequentes no público feminino são: cólon e reto (9,2%), colo do útero (7,4%), pulmão (5,6%) e tireoide (5,4%). Veja abaixo o quadro completo:


Fonte: INCA

Quer saber mais sobre oncologia?

Para mais informações atualizadas e estudos científicos sobre os diversos aspectos da oncologia, os profissionais da área podem encontrar no periódico médico JAMA Oncology — publicação revisado por pares e editada pela American Medical Association (AMA).  

O JAMA Oncology tem como objetivo transmitir importantes descobertas científicas, pesquisas clínicas, avanços tecnológicos e tratamentos de última geração para comunidade oncológica. Assim como, através de suas comunicações, trazer novos conhecimentos clínicos que possam beneficiar os pacientes com câncer. 

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.