Dot.lib

COVID-19, vacinas, edição genética e grandes figuras do passado e da atualidade que revolucionaram a Ciência e salvaram vidas foram os temas mais lidos nos artigos Dot.Lib (fonte: iStock). COVID-19, vacinas, edição genética e grandes figuras do passado e da atualidade que revolucionaram a Ciência e salvaram vidas foram os temas mais lidos nos artigos Dot.Lib (fonte: iStock).
TOP 10: artigos Dot.Lib mais lidos em 2021
  • Artigo
  • Dotlib
  • 23/12/2021
  • DotLib, Ciência, Top 10, Artigos, Retrospectiva 2021, 2021

O ano de 2021 foi marcado pela continuidade e repercussão da COVID-19, como o surgimento das variantes Delta e Ômicron, bem como pela importância das vacinas na prevenção de doenças pandêmicas.

Durante todo esse tempo, a equipe Dot.Lib procurou reforçar a importância do conhecimento científico por meio dos artigos publicados semanalmente no blog, trazendo conhecimento aos leigos e conteúdos de apoio aos profissionais da saúde e demais áreas científicas.

A seguir, confira os 10 artigos mais lidos na Dot.Lib em 2021:

10) COVID-19: 4 cientistas brasileiras de destaque

Imagem: iStock

A cada ano, as mulheres têm ocupado espaços na sociedade que antes eram majoritariamente masculinos e mostrado sua capacidade de fazer a diferença. No meio científico não foi diferente, especialmente em 2021, na luta contra a COVID-19. Portanto, conheça a história de 4 pesquisadoras brasileiras que revolucionaram a ciência com as suas contribuições no combate à pandemia.

9) Jennifer Doudna: conheça a criadora do “editor de DNA”

Imagem: iStock

É possível curar doenças raras ou que sequer possuíam perspectiva de tratamento? A cientista norte-americana Jennifer Doudna mostrou que a Genética é a chave para essa pergunta. Conheça a história de vida da pesquisadora e de sua descoberta junto a sua parceira de estudos, a francesa Emmanuelle Charpentier, ambas laureadas com o Prêmio Nobel de Química de 2020 pela recriação e aplicação da técnica CRISPR/Cas9, também conhecido como “editor de DNA”, que já ajudou a salvar vidas.

8) Cinco filmes (sem spoiler) sobre saúde mental para refletir

Imagem: iStock

Mais do que um simples entretenimento, os filmes podem nos fazer refletir sobre questões complexas e, muitas vezes, esquecidas ou transformadas em tabu pela sociedade. Como lidar com os portadores de transtornos mentais é, certamente, uma dessas questões. Dessa forma, confira uma lista com cinco indicações de filmes que retratam a saúde mental e podem nos fazer refletir sobre a importância de cuidar não só do corpo, mas da mente.

7) 4 cientistas brasileiros que fizeram a diferença no combate à COVID-19 no Brasil

Imagem: iStock

Os cientistas brasileiros Edison Durigon, Patricia Rocco, Marisa Dolhnikoff e Amilcar Tanuri foram quatro dos principais cientistas brasileiros que ajudaram nas descobertas do até então desconhecido COVID-19. Conheça suas contribuições científicas e sua respectiva importância diante da pandemia.

6) Como a COVID-19 afeta o cérebro  

Imagem: iStock

Traduzido do periódico científico de Medicina, o Journal of the American Medical Association (JAMA), este artigo mostra as particularidades neurológicas da doença causada pelo SARS-CoV-2 e explica a origem de alguns dos sintomas associados à doença, como déficits cognitivos e de atenção (popularmente relatados como “névoa do cérebro”), ansiedade, depressão, psicose, entre outros.

5) John Smeaton: conheça o “pai da Engenharia Civil”

Imagem: iStock

Neste artigo, a Dot.Lib traz um perfil de uma das figuras mais importantes para a Engenharia moderna: o inglês John Smeaton. Conheça a vida e os feitos do inventor que é considerado o “pai da Engenharia Civil”.

4) A história por trás da vacina: caxumba

Imagem: iStock

Causada pelo vírus Paramyxoviridae rubulavirus, a caxumba é uma doença contagiosa e que pode causar graves danos à saúde e qualidade de vida em adultos não imunizados. Conheça a história por trás da criação da vacina contra caxumba, desenvolvida em tempo recorde para os moldes da época.

3) 5 vacinas mais rápidas da história

Imagem: iStock

A pandemia de COVID-19 levantou debates acerca das vacinas, sua eficácia na criação de uma resposta imune ao vírus, bem como o tempo de desenvolvimento dos imunizantes a tempo de frear a pandemia e suas consequências catastróficas. No entanto, essa não é a primeira vez que cientistas criam esses fármacos em tempo recorde. Descubra quais foram as vacinas desenvolvidas com mais rapidez ao longo da história mundial.

2) A história por trás da vacina: hepatite B

Imagem: iStock

A hepatite B é uma doença infecciosa que ataca o fígado e pode ser um fator de risco para o surgimento de outras enfermidades, como a cirrose e o câncer hepático. No entanto, desde 1986 a doença é evitável por meio de uma vacina, que recebemos logo após o nascimento. Neste artigo, entenda como o fármaco foi produzido e saiba por que seu desenvolvimento representou um avanço na fabricação de imunizantes.

1) Conhecimento científico e senso comum: entenda a diferença

Imagem: iStock

Existem diversas maneiras de interpretar o mundo e as experiências vivenciadas nele. Cada uma delas possui características que as distinguem umas das outras. Neste artigo, você vai entender a diferença entre dois tipos de conhecimento: o científico e o senso comum.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.