Dot.lib

Fonte: Reprodução Internet Fonte: Reprodução Internet
Estudo chinês indica que hidroxicloroquina não é eficiente em pacientes leves a moderados
  • Notícia
  • Notícias, Ciências da Saúde
  • 19/05/2020
  • Coronavirus, COVID19

Um estudo desenvolvido por pesquisadores chineses  indicou que a hidroxicloroquina não é  mais eficiente que o tratamento padrão para pacientes com casos leves e moderados da COVID-19.

Os pesquisadores analisaram uma base de dados com 150 pacientes, coletados em 16 centros de tratamento contra a doença, entre os dias 11 e 29 de fevereiro de 2020. Dos 150, metade recebeu o tratamento padrão contra a doença e a outra metade do grupo tratamento padrão com a adição da hidroxicloroquina.

Após 28 dias de testes, concluíram que pacientes que receberam o tratamento com a hidroxicloroquina apresentou resultado semelhante ao grupo que não recebeu a droga. Além disso, o medicamento apresentou maior índice de efeitos colaterais, entre eles a diarréia. O estudo foi publicado no The BMJ, um dos renomados periódicos na área de medicina, sendo  considerado o primeiro estudo randomizado sobre a substância.  


Link da notícia completa, clique aqui.

Dot.Lib
Dot.Lib

A Dot.Lib distribui conteúdo online científico e acadêmico a centenas de instituições espalhadas pela América Latina. Temos como parceiras algumas das principais editoras científicas nacionais e internacionais. Além de prover conteúdo, criamos soluções que atendem às necessidades de nossos clientes e editoras.

Quer conhecer o nosso conteúdo?

Podemos lhe oferecer trials (períodos de acesso de teste gratuitos) dos conteúdos de nossas editoras parceiras. Se você tem interesse em conhecer alguma de nossas publicações ou soluções de pesquisa, preencha o formulário ao lado.

Informe os dados abaixo.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Dot.Lib a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.